Rede MPL:

Fórum Autohoje TT  

Ir Para Trás   Fórum Autohoje TT > Geral > Todo-o-Terreno

Todo-o-Terreno Discussão sobre o TT, em geral

Responder
 
Ferramentas do tópico
Antigo 10-06-08, 20:22:24   #1
Fry
Junior Member
 
Fry's Avatar
 
Data de Registo: Jun 2008
Posts: 4
Por Defeito Falemos Do Range Rover P38a

Olá

Tenho acompanhado com interesse alguns tópicos, relativamente á compra do Range Rover P38A e decidi deixar a minha humilde opinião.
Vou tentar sintetizar todas as questões importantes relacionadas com esta grande máquina, editada de 1995 a 2002.

Não tenho grandes conhecimentos de mecânica, nem estou ligado ao ramo automóvel. Apenas exponho, tal comum proprietário, desmistificando algumas duvidas sobre um dos mais belos Todo Terreno.

Quando este modelo foi lançado, havia uma parceria entre a Land Rover e a BMW, dai incorporarem o motor, que na época equipava o 525TDS. A gasolina, as potencias eram mais altas, em detrimento dos altos consumos verificados e preço do combustível.

1º MOTOR

Este motor 2.5 BMW debita de origem 136CV. Considerando que estamos na presença dum veículo, com aproximadamente 2.5 toneladas, é impensável exigir dele, algum esforço extra, abaixo das 1.500 rotações, sem o recurso á caixa de transferências.

Vamos exemplificar os comportamentos negativos na prática.

1º Arrancar com a lotação máxima, numa subida mais acentuada.
2º Arrancar com o A/C ligado numa subida mais acentuada.
3ª Arrancar numa subida mais acentuada, quando o motor já acusa o cansaço aceitável numa quilometragem alta, ou utilização preventiva menos correcta.

Em todas estas situações, apercebemo-nos que a opção da Land Rover/BMW, não foi a melhor, exceptuando o peso do IA que na época o Estado cobrava relativamente á cilindrada. Hoje é sobre o CO2.

Quais as soluções indicadas.

No caso de estarmos na presença dum motor BMW em bom estado, sem problemas de aquecimento, nem de grande desgaste, temos duas opções óptimas para que as tais desvantagens deixem de existir.

1ª Reprogramação da centralina. Posso dizer por experiência própria que é uma boa solução, sendo a mais barata. Custo 480 euros

2ª Colocação de uma Box de potência exterior. É uma solução mais cara, com a vantagem de ser retirada, no caso de venda ou troca do motor. Custo 800 euros.

Os preços são informativos e de produtos aplicados por empresas altamente credenciadas.

Informo que qualquer destas opções é grande responsabilidade e terá de ser feito por empresas certificadas. Não coloquem este carro na mão de qualquer pessoa que se diga habilitada para o efeito.

Os ganhos verificados com as soluções atrás referidas, são imensos, alterando todo o comportamento do carro, que passa a debitar 166 CV, a potência ideal para esta maquinão.

2º SUSPENSÃO PNEUMÁTICA.

É considerado um dos grandes problemas destes 4X4. Posso-vos garantir que é totalmente errado.

Neste modelo, podemos dispor de cinco níveis de altura. Temos acesso ao comando de três manualmente, no tablier. No caso de estar em tudo em condições, o carro deve manobrar-se nas três posições e rapidamente ou seja, sobe e desce com ligeireza.

POSIÇÕES
1º Para acesso de carga e passageiros.
2º Circulação abaixo de 80km/Hora.
3º Circulação acima de 80km/Hora (auto-estrada automático)
4º Circulação OFF-ROAD.
5º Posição no caso de enterrado.(automático)

Este sistema de suspensão, foi na época considerado um dos mais avançados do mundo, pelas marcas que privilegiam o conforto supremo na condução. Presentemente equipam muitos veículos de grande porte, no caso de camiões e outras marcas de luxo americanas, como a Lincoln a Cadillac e muitos mais.
O método consiste num compressor que debita ar, comandado por um bloco de válvulas, que gere todo o sistema, de forma a manter o carro nivelado com o máximo de conforto. Além disso é uma característica de todos os modelos actualmente vendidos pela Land Rover.

Quais são as peças de maior desgaste ou problemas mais frequentes, no caso do P38A?

1ºOs balões que se situam em cada roda.
2ºOs oring`s do bloco da válvulas.
3ºO embolo do compressor.
4ºFugas nas ligações.
5ºCalibradores da suspensão.

Com a idade, o desgaste destas peças é normalíssimo, e de fácil reparação, caso haja a prevenção adequada.

Os balões chegam a fazer 170.000 km, o que é considerado magnífico num carro vocacionado para o conforto. A sua troca, é simples e qualquer mecânico de esquina poderá fazê-lo.
O custo de cada balão da 1ª geração, tal como os de origem, é de 120 euros na internet. Poderá optar-se por balões de 2ª e 3ª geração da Arnott, um pouco mais caros mas de garantia vitalícia.

O bloco de válvulas, é de acesso e assistência extremamente fácil. Geralmente quando vamos á marca, não estão interessados em reparar mas sim em trocar. Um bloco novo custa mais de 1100 euros. É o eterno problema dos objectivos a atingir na venda de peças.
De fácil acesso, e adquirindo os oring´s no Ebay, basta trocá-los e temos novamente o bloco de válvulas como novo. O custo dos Oring´s é 25 euros.

Com o compressor, acaba por ser a mesma situação. Encontra-se dentro do bloco de válvulas e a troca do êmbolo é extremamente simples. O custo é de 25 euros. No caso de grande esforço, o aquecimento acaba por danificá-lo. O custo do compressor novo é de 400 euros.

As fugas, geralmente estão nas ligações dos tubos de ar aos balões ou ao bloco de válvulas. Com um pequeno pulverizador da roupa e detergente, são facilmente detectáveis. Também se encontra a existência de fugas, no caso de o veículo, após estacionado na posição normal de circulação, descer para qualquer dos lados em 48 horas. Deverá ficar sempre nivelado.

Os calibradores da suspensão, são um mecanismo simples, que se situam em cada roda, para o controlo do nivelamento. Por vezes, na troca dos balões, é necessário ir á máquina Rovercom, para se calibrarem.


A má fama da SUSPESÃO PNEUMÁTICA, em 90% dos casos, reduz-se a isto.

Agora digam-me se concordam, com a troca por molas, desmantelando a característica única e principal destas grandes máquinas. O P38a é considerado entre todos os 4X4 o mais confortável. Fazer TT nestas viaturas, é como estar num sofá com rodas a desfrutar da paisagem.

ELECTRÓNICA.

Este modelo da Land Rover, na época, tal como os modelos mais recentes, é dotado do que mais avançado existe em termos de segurança.

Nestes carros, é preciso ter alguma atenção aos componentes electrónicos. Há erros que podem surgir, devido a maus contactos. No manual de instruções, é indicada a avaria, que geralmente é resolvida com uma ida á máquina Rovercom.

Nunca arrisquem levar este carro ao amigo Zé mecânico da esquina, quando surgem problemas de electrónica. O resultado, na maioria das vezes é bloquear todo o sistema ou queimar a centralina.

Avarias electrónicas geralmente são de simples solução. Baterias em fim de vida, maus contactos, fusíveis queimados etc. Os problemas agravam-se quando facilitamos levar o carro a presença de curiosos.

Os modelos a partir de 1998 foram revisionados, sendo mais fiáveis a nivel de avarias electronicas.

Este carro é dotado de duas chaves com comando + duas sem comando, assim como um cartão de código, com quatro dígitos que o proprietário geralmente guarda em local seguro.

Quando adquirimos o carro temos de ter atenção ás chaves, caso contrário, só se adquirem em Inglaterra através do concessionário, com fotocópia do registo de propriedade. O custo é de 140 euros cada. O cartão do código é necessário, para que na presença de qualquer problema electrónico, o possamos reprogramar novamente com a chave, na porta do condutor.( Está no manual de instruções)

Também temos de ter atenção ao A/C, que geralmente é onerosa a sua reparação. Na maioria dos casos, a avaria aparece no display, com a figura dum pequeno livrinho.

Usualmente, trata-se dos pequenos motores direccionais, peças de maior desgaste, que se encontram por detrás do tablier. Retirar o tablier acaba por ser mais dispendioso que o custo do ditos motores.

OUTRAS QUESTÕES A CONSIDERAR

A maioria dos problemas do P38A, deve-se ao desconhecimento e desleixo completo dos seus proprietários. É muito difícil adquirir uma viatura destas em excelentes condições. Considerado o mais belo, o mais confortável dos 4X4, poder-se-á ser levado a pensar, que as suas capacidades OFF-ROAD são desprezáveis. Posso vos dizer que, tirando o único facto de não poder suportar água acima dos eixos, cumpre fielmente, muitas vezes melhor, a transposição de obstáculos de difícil acesso. Digo isto por experiencia própria.

Também temos de ter atenção á bomba de água. Deve ser mudada a cada 80.000km. Na maioria das vezes é levada ao limite e as consequências são desastrosas, caso não se tenha atenção ao ponteiro da temperatura, no momento da avaria.

Outra das questões importantes na compra, é verificar se o motor pega bem em quente. O desgaste das bombas injectoras, é outra das particularidades deste modelo. A reparação ou aquisição é dispendiosa. Custo 1700 euros. As velas de aquecimento são também motivo de vistoria.

Existem também umas tremuras que surgem em baixa rotação neste motores. Por vezes a substituição dum pequeno amortecedor do tensor da correia, resolve o problema.

A embraiagem é outro elemento de grande desgaste, caso a centralina não tenha sido alterada para maior cavalagem. O esforço, fraca potência versus peso do carro, vai-se difundir nesta neste elemento.
Posso vos dizer que trocar a embraiagem deste carro, não é pêra doce. Geralmente leva o kit completo, e é aconselhada a troca do volante do motor, caso ele não tenha sido substituído. Peças extremamente caras que podem atingir a soma de 2.000 euros.

Os consumos também devem ser considerados. É garantidamente, o 4X4 mais económico alguma vez concebido na época. Atenção que estamos na presença de 2,5 toneladas. Posso afiançar, que as médias obtidas, com reprogramação da centralina, são de 9,5/10 litros, chegando a fazer 8.3 litros em auto-estrada a 120Km/Hora.

Outra vantagem é este carro pagar classe 1 em auto-estrada, bastando solicitar á brisa essa pretensão. Custo 6 euros pelo cartão vitalício.

Há ainda outras questões que devo alertar.

É o caso de:
Nunca colocar pneus de diferentes dimensões.
Nunca reparar qualquer peça, sem desligar o negativo da bateria.
Nunca deixar a chave de comando dentro do carro.
Trocar a bateria ao mínimo sintoma de desgaste, tanto a do carro como a do comando da chave.
Nunca exceder as 3.000 rotações, no caso de optarmos por maior longevidade do motor.
Trocar os amortecedores que geralmente são de origem, em viaturas não assistidas na marca.
Nunca circular com fugas de ar na suspensão, sob pena de danificar o compressor.
Na IPO nunca deixar colocar a viatura nos rolos do freno.


Depois de tudo isto, posso vos dizer que em conforto, segurança, espaço, luxo, robustez, preços e estilo, não encontram no mercado, nenhum iate ou paquete, com tão boas qualidades.

Esta é a minha opinião pessoal, cabe a cada um a opção na escolha.

Abraço, boas opções e divirtam-se .

























Fry está offline   Responder com citação
Links Patrocinados:
Antigo 10-06-08, 20:33:15   #2
Fry
Junior Member
 
Fry's Avatar
 
Data de Registo: Jun 2008
Posts: 4
Por Defeito

Olá

Faltou acrescentar que, com uma manutenção preventiva, este modelo chega a fazer 400.000km. Conheço um que os tem. Questão meramente informativa.

Abraço.
Fry está offline   Responder com citação
Antigo 11-06-08, 12:04:01   #3
Smurf
Senior Member
 
Smurf's Avatar
 
Data de Registo: Feb 2008
Localização: por aí...
Posts: 135
Por Defeito

Citação:
Originalmente Colocado por Fry Ver Post
Olá

Faltou acrescentar que, com uma manutenção preventiva, este modelo chega a fazer 400.000km. Conheço um que os tem. Questão meramente informativa.

Abraço.

passou um DSE de 2001 cà por casa e fez 270.000km sem kk problema de maior....


bom jipe
Smurf está offline   Responder com citação
Antigo 11-06-08, 17:28:27   #4
MGomes
Administrador
 
MGomes's Avatar
 
Data de Registo: Apr 2007
Localização: Tomar
Posts: 3,511
Por Defeito

Excelente tópico e explicação, Fry

Bem-vindo.
MGomes está offline   Responder com citação
Antigo 11-06-08, 18:40:04   #5
Land Lover
Senior Member
 
Data de Registo: Oct 2007
Posts: 299
Por Defeito

Um pouco aquilo que penso: os proprietários na maioria desconhecem as máquinas e depois as coisas complicam-se...
É um facto que é o 4x4 com mais tecnologia incorporada à época.
Quem quiser o manual de oficina do P38 eu ofereço (em PDF).
Land Lover está offline   Responder com citação
Antigo 11-06-08, 19:05:49   #6
Fry
Junior Member
 
Fry's Avatar
 
Data de Registo: Jun 2008
Posts: 4
Por Defeito

Olá

O maior problema nestes veículos, é calharem mal com os donos.
Este carro é extremamente sensível, e só nos dá alegrias, se soubermos tomar conta dele com muito carinho e atenção. Não que seja um carro frágil, pelo contrário, mas existem pormenores importantes que não podemos negligenciar.

A sua robustez e qualidade de material, é presente nos interiores, que praticamente não sofrem desgaste com o passar dos anos. Posso dizer, que o meu exemplar, com 11 anos e 175.000 km, passou pelas mãos de quatro donos. Apenas notei, que o vidro da janela do condutor, necessita de pequena afinação, para que o seu funcionamento seja mais eficaz.

Se quiserem um bom exemplo, reparem o que define o cavalo Puro-sangue inglês. É engraçado como a comparação é muito semelhante.

O Puro-sangue Inglês conquistou o mundo graças à sua resistência, sendo usado em corridas pelos quatro cantos do planeta, onde continua a manter o domínio.

As características desta raça passam ainda pelo seu ar altivo, como se dominasse sempre qualquer situação, e pela coragem que demonstra quando lhe aparecem obstáculos pela frente.Tendo sangue quente, é extremamente corajoso e incansável. Por vezes nervosos, estes cavalos são excitáveis e não são de fácil trato. Como verdadeiras máquinas de transpor obstáculos, tem grande porte e é um excelente cavalo para montar á sela, confortavelmente.

O Puro-sangue Inglês pode atingir os 500 kg e 1,65m de altura.


Traduzindo para o P38A:

O P38A (Puro-sangue Inglês) conquistou o mundo com a original raça autóctone denominada de Land Rover e o seu apuramento, não muito feliz, foi influenciado pela importação de garanhões de puro-sangue alemão (BMW).

As características desta raça (P38A) passam ainda pelo seu ar altivo, como se dominasse sempre qualquer situação, e pela coragem que demonstram quando lhe aparecem obstáculos pela frente.Tendo sangue quente, é extremamente corajoso e incansável. Por vezes nervosos, estes cavalos são excitáveis e não são de fácil trato. (Lá está o que eu referi sobre a assistência que exigem) Como verdadeiras máquinas de transpor obstáculos, tem grande porte sendo um excelente cavalo para montar á sela, confortavelmente. (sem duvida o mais confortável)

O Puro-sangue Inglês pode atingir os 180km/hora (pode morrer prematuramente) com o peso de 2.500 Kg.

Landabraço

Última edição por Fry : 11-06-08 às 19:13:32
Fry está offline   Responder com citação
Antigo 16-06-08, 19:00:46   #7
tisca
Junior Member
 
Data de Registo: Jun 2008
Posts: 1
Por Defeito

Citação:
Originalmente Colocado por Land Lover Ver Post
Um pouco aquilo que penso: os proprietários na maioria desconhecem as máquinas e depois as coisas complicam-se...
É um facto que é o 4x4 com mais tecnologia incorporada à época.
Quem quiser o manual de oficina do P38 eu ofereço (em PDF).

boa tarde
tenho rr dse de 98 a 7 meses o rr está á aquecer e manda a agua fora os tubos ficam com pressao ,será a junta da cabeça ou pode ser mais alguma coisa. o meu mecanico diz que pode ser tambem uma camisa, acho q foi esse o nome que ele deu .
se me poderem ajudar agradeço.

JÁ AGORA APROVEITO PARA PEDIR O -PDF
OBRIGADO
joao almada
tisca está offline   Responder com citação
Antigo 17-06-08, 06:42:55   #8
Fry
Junior Member
 
Fry's Avatar
 
Data de Registo: Jun 2008
Posts: 4
Por Defeito

Olá

Podes ir consultando: http://www.landrover.ee/est/files/ma...RL0326ENG).pdf

Abraço.
Fry está offline   Responder com citação
Antigo 23-06-08, 12:55:18   #9
Land Lover
Senior Member
 
Data de Registo: Oct 2007
Posts: 299
Por Defeito

o pdf tem 20MB... estou em lisboa, é questão de combinarmos.
Land Lover está offline   Responder com citação
Antigo 07-07-08, 16:24:32   #10
skinnie
Senior Member
 
skinnie's Avatar
 
Data de Registo: Jun 2007
Localização: Leiria/Aveiro
Posts: 279
Por Defeito

belo tópico, já uns tempos matutei,o porquê de raramente se ver bichos destes nos passeios fora de estrada e assim.
skinnie está offline   Responder com citação
Antigo 08-07-08, 10:23:44   #11
senhor_vx
Senior Member
 
senhor_vx's Avatar
 
Data de Registo: Jun 2007
Localização: SantAndread
Posts: 1,059
Por Defeito

Citação:
Originalmente Colocado por tisca Ver Post
boa tarde
tenho rr dse de 98 a 7 meses o rr está á aquecer e manda a agua fora os tubos ficam com pressao ,será a junta da cabeça ou pode ser mais alguma coisa. o meu mecanico diz que pode ser tambem uma camisa, acho q foi esse o nome que ele deu .
se me poderem ajudar agradeço.

JÁ AGORA APROVEITO PARA PEDIR O -PDF
OBRIGADO
joao almada
Tb pode ser a cabeça estalada.... Good luck
senhor_vx está offline   Responder com citação
Antigo 08-07-08, 21:46:36   #12
Terracotta
Senior Member
 
Terracotta's Avatar
 
Data de Registo: Jul 2007
Posts: 181
Thumbs up

Boas!

Sim Senhor Fry, bela explicação!
Permite-me só acrescentar que o modelo DSE vem equipado full extras, que arruma com muitos veiculos adquiridos hoje e dá um prazer de condução inexplicável!
Abraço.
Terracotta está offline   Responder com citação
Antigo 08-07-08, 21:54:31   #13
Land Lover
Senior Member
 
Data de Registo: Oct 2007
Posts: 299
Por Defeito

Um dos problemas conhecidos e documentados do motor BMW montado nos P38 é a junta da cabeça queimar aí pelos 200.000km em carros que tenham sido "apertados". Em casos extremos a cabeça poderá mesmo estalar, e aí a coisa é mais feia.

Pelo sintoma, apostava apenas na junta, o que só por si não é cara excepto a MO que é demorada e portanto cara. Bad luck!
Land Lover está offline   Responder com citação
Antigo 09-07-08, 09:08:55   #14
senhor_vx
Senior Member
 
senhor_vx's Avatar
 
Data de Registo: Jun 2007
Localização: SantAndread
Posts: 1,059
Por Defeito

Citação:
Originalmente Colocado por Land Lover Ver Post
Um dos problemas conhecidos e documentados do motor BMW montado nos P38 é a junta da cabeça queimar aí pelos 200.000km em carros que tenham sido "apertados". Em casos extremos a cabeça poderá mesmo estalar, e aí a coisa é mais feia.

Pelo sintoma, apostava apenas na junta, o que só por si não é cara excepto a MO que é demorada e portanto cara. Bad luck!
Pq apostavas apenas na junta amigo?
senhor_vx está offline   Responder com citação
Antigo 10-07-08, 15:19:59   #15
Land Lover
Senior Member
 
Data de Registo: Oct 2007
Posts: 299
Por Defeito

Para estalar a cabeça é preciso ter mesmo muito azar (tu que o digas ). É preciso deixar mesmo em alta temperatura durante muito tempo, o material resiste muito. A junta nas couves é o sintoma mais comum e vulgar daí a minha aposta nela, é uma questão de probabilidade, mas claro se o motor foi abusado, pode ter coisas muito feias lá dentro a acontecerem (e dispendiosas). Às vezes vemos cada coisa...
Land Lover está offline   Responder com citação
Antigo 11-07-08, 12:56:54   #16
senhor_vx
Senior Member
 
senhor_vx's Avatar
 
Data de Registo: Jun 2007
Localização: SantAndread
Posts: 1,059
Por Defeito

Citação:
Originalmente Colocado por Land Lover Ver Post
Para estalar a cabeça é preciso ter mesmo muito azar (tu que o digas ). É preciso deixar mesmo em alta temperatura durante muito tempo, o material resiste muito. A junta nas couves é o sintoma mais comum e vulgar daí a minha aposta nela, é uma questão de probabilidade, mas claro se o motor foi abusado, pode ter coisas muito feias lá dentro a acontecerem (e dispendiosas). Às vezes vemos cada coisa...
Acontece mais que tu imaginas. Mas ja percebi a tua analise!

O meu nunca aqueceu na minha mão e estalou....
senhor_vx está offline   Responder com citação
Antigo 17-07-08, 19:09:33   #17
Land Lover
Senior Member
 
Data de Registo: Oct 2007
Posts: 299
Por Defeito

O meu colega que tem o novo RR V8 tem ainda o 2.5DT P38. Certa vez o motor começou a aquecer e descobriu-se que o radiador tem uma antepara no seu interior, uma divisória portanto, para estratificar os caudais quente/frio. Esta tombou e começou então a água quente de retorno do motor a fazer by-pass com a de alimentação, supostamente já arrefecida, mas que enste caso como a antepara estava caída, gerava-se na parte superior do radiador uma zona muito particularmente quente, ou seja, o radiador comportava-se como se fosse de muito menor capacidade. Em situações de carga, Verão, em subidas, etc, aquecia. Muita gente na altura deu o motor como acabado, tinha 160.000km. Depois de um radiador novo, agora já tem 260.000km e ainda está impecável!
Land Lover está offline   Responder com citação
Antigo 15-09-08, 12:14:39   #18
orgulhorange
Junior Member
 
Data de Registo: Sep 2008
Posts: 1
Por Defeito Para quem não é mecânico!!!!

Olá a todos.
Acabei de ler o tópico e fiquei encantado.
A pessoa que o escreveu é um profundo conhecer desta maravilhosa viatura.
Eu tenho um de 1998.
Posso começar por dizer que quando comecei a namorar esta viatura andava entusiasmado, até que quando se aproximou o dia da compra já não conseguia dormir... mas pelos piores motivos.
Tinham-me feito um filme de terror sobre este carro.
Mas com tudo isso comprei.
No dia asseguir começou a aventura... já levou:
- centralina de ar condicionado, primeiro era da valvula de temperatura exterior (que também comprei) e depois da centralina.
- balão trás do lado direito e agora precisa do da frente lado esquerdo.
- os tais motorzinhos que orientam a ventilação, também precisava, mas arranjei o kit usado e o meu electricista substituiu o avariado, até hoje resultou.... mas aquele livrinho aceso deixava-me doido.
- embraiagem.
- rolamento e rótulas da frente, lado esquerdo.
- os dois fechos das portas da frente, porque um dia super-trancou-se e teve de ir de reboque para Barcelos para abrir. Sorte a minha não tinha o carro engatado, porque nesse caso lá ía a mecânica toda para o galheiro. CUIDADO COM OS REBOQUES neste carros. A mim bastou-me desafinar o travão de mão na transmissão e siga.
- motor da ventilação do lado esquerdo... outra vez aquele maldito livro aceso.
- nas mãos do anterior proprietário já tinha levado o compressor da suspensão e uma placa electrónica que comanda quase tudo... quanto ao compressor é ter cuidado com as fugas...

- actualmente é bomba injectora, quando vou a conduzir por vezes pisca aquele injectorzinho no tablier... disseram-me que é o módulo, mas ao mesmo tempo é preciso fazer revisão completa. Ou isso ou uma recondicionada e pega muito mal a quente... mal possa vou meter a bomba para ver se fica a pegar bem, se acaba este tormento de o carro morrer ao passar de caixa numa subida e porque falha.

Tenho lido sobre o aumento de potência e estou muito interessado, mas como já li não pode ser qualquer um fazer, pois até me dá medo!!!

De resto, adoro o meu carro, parece de loucos mas é mesmo assim, Land Rover é uma paixão.

Abraços a todos e se me poderem ajudar nesta história da bomba e do aumento de potência, sou todo ouvidos.
orgulhorange está offline   Responder com citação
Antigo 23-09-09, 21:26:18   #19
mmgameiro
Junior Member
 
Data de Registo: Sep 2009
Posts: 1
Por Defeito

Citação:
Originalmente Colocado por orgulhorange Ver Post
Olá a todos.
Acabei de ler o tópico e fiquei encantado.
A pessoa que o escreveu é um profundo conhecer desta maravilhosa viatura.
Eu tenho um de 1998.
Posso começar por dizer que quando comecei a namorar esta viatura andava entusiasmado, até que quando se aproximou o dia da compra já não conseguia dormir... mas pelos piores motivos.
Tinham-me feito um filme de terror sobre este carro.
Mas com tudo isso comprei.
No dia asseguir começou a aventura... já levou:
- centralina de ar condicionado, primeiro era da valvula de temperatura exterior (que também comprei) e depois da centralina.
- balão trás do lado direito e agora precisa do da frente lado esquerdo.
- os tais motorzinhos que orientam a ventilação, também precisava, mas arranjei o kit usado e o meu electricista substituiu o avariado, até hoje resultou.... mas aquele livrinho aceso deixava-me doido.
- embraiagem.
- rolamento e rótulas da frente, lado esquerdo.
- os dois fechos das portas da frente, porque um dia super-trancou-se e teve de ir de reboque para Barcelos para abrir. Sorte a minha não tinha o carro engatado, porque nesse caso lá ía a mecânica toda para o galheiro. CUIDADO COM OS REBOQUES neste carros. A mim bastou-me desafinar o travão de mão na transmissão e siga.
- motor da ventilação do lado esquerdo... outra vez aquele maldito livro aceso.
- nas mãos do anterior proprietário já tinha levado o compressor da suspensão e uma placa electrónica que comanda quase tudo... quanto ao compressor é ter cuidado com as fugas...

- actualmente é bomba injectora, quando vou a conduzir por vezes pisca aquele injectorzinho no tablier... disseram-me que é o módulo, mas ao mesmo tempo é preciso fazer revisão completa. Ou isso ou uma recondicionada e pega muito mal a quente... mal possa vou meter a bomba para ver se fica a pegar bem, se acaba este tormento de o carro morrer ao passar de caixa numa subida e porque falha.

Tenho lido sobre o aumento de potência e estou muito interessado, mas como já li não pode ser qualquer um fazer, pois até me dá medo!!!

De resto, adoro o meu carro, parece de loucos mas é mesmo assim, Land Rover é uma paixão.

Abraços a todos e se me poderem ajudar nesta história da bomba e do aumento de potência, sou todo ouvidos.
boas
Tenho também um DSE e tenho pelo que dizes o mesmo problema podias dizer-me se o resolveste e o que era nao estou muito convencido que seja a bomba injectora mas no entanto queria saber o teu resultado

Aguardo

Miguel Gameiro
mmgameiro está offline   Responder com citação
Antigo 16-02-10, 23:27:35   #20
FilipeRrP38
Junior Member
 
Data de Registo: Jan 2010
Posts: 4
Por Defeito

ola, podes mandar o pdf para mim. migvvel@gmail.com
obrigado
FilipeRrP38 está offline   Responder com citação
Antigo 18-02-10, 17:42:03   #21
FISTSxOFxFURY
Junior Member
 
FISTSxOFxFURY's Avatar
 
Data de Registo: Feb 2010
Localização: Grande Lisboa | Chaves
Posts: 26
Por Defeito

excelente topico!

o meu pai tem um RR P38, adoro aquilo!

já agora gostava de perguntar o porque de nao se por o jipe nos rolos do freno, é somente por causa da tracção integral ou tem outra razao e esta nao interessa pra nada?

já agora, alguem me sabe indicar uma casa especializada nestes jipes em que os preços nao sejam a mesma roubalheira que é na RR Oficial??? principalmente para o tal aumento de potencia, seja repro da centralina ou instalaçao de box.

muito agradecido desde já!
FISTSxOFxFURY está offline   Responder com citação
Antigo 19-02-10, 21:28:26   #22
SERSANRR
Junior Member
 
Data de Registo: Jan 2009
Posts: 20
Por Defeito

Boa noite,

Depende da zona, podes encontrar uns mecanicos porreiros, mas cuidado... este bicho é manhoso e os mecanicos normais não chegam para ele...

Quanto aos rolos, o range não pode ir porque tem tracção permanente e o diferencial central é viscoso, os rolos podem danificar. (está mesmo descrito no manual de oficina do jipe)

Para verem P38´s com fartura visitem o nosso cantinho e tornem-se fãs:
http://www.facebook.com/pages/Klub-3...s/299411498983

Abraços
SERSANRR está offline   Responder com citação
Antigo 17-10-13, 17:07:57   #23
ESFOMIAS
Junior Member
 
Data de Registo: Sep 2008
Localização: V. N. Famalicão
Posts: 2
Por Defeito

Citação:
Originalmente Colocado por orgulhorange Ver Post
Olá a todos.
Acabei de ler o tópico e fiquei encantado.
A pessoa que o escreveu é um profundo conhecer desta maravilhosa viatura.
Eu tenho um de 1998.
Posso começar por dizer que quando comecei a namorar esta viatura andava entusiasmado, até que quando se aproximou o dia da compra já não conseguia dormir... mas pelos piores motivos.
Tinham-me feito um filme de terror sobre este carro.
Mas com tudo isso comprei.
No dia asseguir começou a aventura... já levou:
- centralina de ar condicionado, primeiro era da valvula de temperatura exterior (que também comprei) e depois da centralina.
- balão trás do lado direito e agora precisa do da frente lado esquerdo.
- os tais motorzinhos que orientam a ventilação, também precisava, mas arranjei o kit usado e o meu electricista substituiu o avariado, até hoje resultou.... mas aquele livrinho aceso deixava-me doido.
- embraiagem.
- rolamento e rótulas da frente, lado esquerdo.
- os dois fechos das portas da frente, porque um dia super-trancou-se e teve de ir de reboque para Barcelos para abrir. Sorte a minha não tinha o carro engatado, porque nesse caso lá ía a mecânica toda para o galheiro. CUIDADO COM OS REBOQUES neste carros. A mim bastou-me desafinar o travão de mão na transmissão e siga.
- motor da ventilação do lado esquerdo... outra vez aquele maldito livro aceso.
- nas mãos do anterior proprietário já tinha levado o compressor da suspensão e uma placa electrónica que comanda quase tudo... quanto ao compressor é ter cuidado com as fugas...

- actualmente é bomba injectora, quando vou a conduzir por vezes pisca aquele injectorzinho no tablier... disseram-me que é o módulo, mas ao mesmo tempo é preciso fazer revisão completa. Ou isso ou uma recondicionada e pega muito mal a quente... mal possa vou meter a bomba para ver se fica a pegar bem, se acaba este tormento de o carro morrer ao passar de caixa numa subida e porque falha.

Tenho lido sobre o aumento de potência e estou muito interessado, mas como já li não pode ser qualquer um fazer, pois até me dá medo!!!

De resto, adoro o meu carro, parece de loucos mas é mesmo assim, Land Rover é uma paixão.

Abraços a todos e se me poderem ajudar nesta história da bomba e do aumento de potência, sou todo ouvidos.
Boa Tarde,
alguém me consegue dizer qual foi a solução ou o problema, para ele deixar de ir abaixo em algumas mudanças de caixa? (reparei que se meter mudanças à camionista, sem deixar cair a rotação, ele não vai abaixo)
abraço a todos.
ESFOMIAS está offline   Responder com citação
Antigo 18-10-13, 09:10:02   #24
TerranoII
Senior Member
 
TerranoII's Avatar
 
Data de Registo: Jun 2007
Posts: 785
Por Defeito

Dificilmente vais copnseguir aqui a solução.
Recomendo um forum da marca.
Este modelo é muito peculiar e só mesmo quem sabe as manhas dele te poderá ajudar.
Continua a achar que é um modelo fascinante, pena que não tenha a mecânica do Toyota, pois de resto 5 estrelas.
TerranoII está offline   Responder com citação
Responder

Ferramentas do tópico

Regras de Colocação
Não pode criar tópicos
Não pode responder
Não pode colocar anexos
Não pode editar os seus posts

BB code is Ligado
Smilies são Ligado
[IMG] code is Ligado
Código HTML está Desligado

Saltar Fórum


Hora GMT. Agora são 15:36:10.


A Motorpress Lisboa S.A. não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.
Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions, Inc.